24 janeiro, 2013

União escrita de Vinicius.

Quem já passou por essa vida e não viveu, pode ser mais, mas sabe menos do que eu...Porque a vida só se dá pra quem se deu, ou pra quem amou, pra quem chorou, pra quem sofreu!
É claro que a vida é boa, e a alegria, a única indizível emoção. 
A felicidade é como a gota de orvalho numa pétala de flor, brilha tranquila. E tenho tudo para ser feliz, mas acontece que eu sou triste...Chega de saudade, a realidade é que sem ela
Não há paz, não há beleza, é só tristeza e a melancolia! Tristeza não tem fim, felicidade sim.
Foi então, que da minha infinita tristeza aconteceu você, encontrei em você a razãoAssim como viver sem ter amor, não é viver. Todo tipo de amor.
O amigo: um ser que a vida não explica, que só se vai ao ver outro nascer, e o espelho de minha alma multiplica, no entanto a tua presença é qualquer coisa como a luz e a vida...Mesmo que as pessoas mudem e suas vidas se reorganizem, os amigos devem ser amigos para sempre, mesmo que não tenham nada em comum, somente compartilhar as mesmas recordações.
E posso te dizer que o grande afeto que te deixo, não traz o exaspero das lágrimas, nem a fascinação das promessas, nem as misteriosas palavras dos véus da alma...É um sossego, uma unção. Num tempo, meu tempo. Nasço amanhã, ando onde há espaço: – Meu tempo é quando.
E a coisa mais divina, que há no mundo é viver cada segundo
Como nunca mais..


(Trechos reunidos de sonetos, poemas e textos, por Vinicius de Moraes)

2 comentários:

  1. Vinicius é ainda melhor quando se está apaixonada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infinitamente! Vinicius prega a paixão em sua escrita, a -minha- e de muitas outras pessoas.

      Excluir

Deixe o seu comentário, Elogie, dê dicas, critique, fique á vontade, toda ajuda é bem-vinda!